quarta-feira, abril 11, 2007

CULTURAL OU NÃO, TEM O SEU VALOR
Final de aula é aquela confusão e em sala de comunicação o povo fala que é uma beleza. Eita povo comunicativo esse! O burburinho na sala era sobre o super e sempre comentado BBB7. A língua estava solta e até a professora entrou na roda e fez seu comentário, afirmando que o reality show nada tem de cultural. Como não? Explico-te, comparando o reality show com uma novela, entretenimento que adoramos também.

Pois Bem, a novela de acordo com a língua portuguesa é um gênero literário, caracterizado por narrativa longa, grande quantidade de personagens e variedade de tramas e subtramas paralelas. Com este arsenal de características ela possui sim seu toque cultural e é uma das coisas que o Brasil sabe fazer bem e exportar para o resto do mundo.

Já o reality show é um tipo de programa televisivo apoiado na vida real. Exemplo deste é o programa mundialmente conhecido, o Big Brother criado em 1999 por John de Mol e inspirado no livro de George Orwell, em 1984. Não possui nehuma das caracteristicas da novela, portando, sem o tal toque cultural.

Mas, analisando bem estes dois programas acabamos por encontrar algumas semelhanças entre eles. Há quem afirme que a realidade imita a ficção, participantes da gincana assumem papéis semelhantes aos dos personagens de novelas, e suas vivências. Algo bem semelhante com as novelas que prendem tanto a nossa atenção. Assim como nas tramas não é difícil definir personagens do BBB7. Siri por exemplo, quer caipirinha mais doce que ela? Alemão então, o novo homem contemporâneo, forte e sensível, que a mulherada adora e aprova. Isso sem falar no romance que rolou entre Flávia e Fernando e o ódio que todos nós temos pelo “vilão” Alberto.

O grande lance é que nós como membros de uma sociedade, por mais que não gostemos do programa, não devemos ignorá-lo e reduzi-lo a pó, uma vez que praticamente o país inteiro se volta para o fenômeno quando apresentado. Cultural ou não, a quem ame e quem odeie a “novela real”. Melhor seria se tirácemos o pensamento egocêntrico de nossas mentes e tentássemos pelo menos entender o que acontece do outro lado da história, para depois fazermos uma análise crítica, assim como faz a professora que assiste, o médico do hospital, a vizinha que adora espiar a vida alheia e assim por diante. Aliás, quem irá para o paredão essa semana?
Foto: reprodução
O casal queridinho do BBB7, Alemão o novo homem contemporâneo e a gracinha Siri, que lançou uma tendência, flores no cabelo.

Aqui todos os olhares são para você!

Um comentário:

Ivan disse...

Pior que o BBB´, só o no limit!!!!at+